História, Cultura & Lendas

Meaípe fica no litoral sul do município de Guarapari, Espírito Santo. Com características de aldeia de pescadores, a praia é uma das mais badaladas do balneário no período de verão. Casas noturnas, shows, bons restaurantes especializados em frutos do mar e comidas típicas (alguns entre os melhores do Estado) tudo isso faz de meaípe uma das praias mais requisitadas pelos turistas que vêm curtir as férias no estado.

A 6 km do centro de Guarapari, com acesso pela Rodovia do Sol (ES-60), esta praia já foi considerada uma das dez mais bonitas do Brasil pela Revista Quatro Rodas. As ondas são fracas e a areia grossa é contornada por castanheiras. Lugar bom para se passar as férias, Meaípe tem "barraquinhas" na beira das praias, onde você encontra varios petiscos para passar uma perfeita estadia na praia. Point dos modismos de verão, a vida noturna é agitada. Os restaurantes do local preparam os melhores frutos do mar do município.

Como aldeia de pescadores, meaípe tem suas peculiaridades, como tradições e lendas que convivem até hoje com a atividade turística. Entre as atividades mais conhecidas, estão as rendeiras. A tradição é passada de mãe para filha, de geração em geração. As mulheres do vilarejo, em sua maioria esposas de pescador, fazem as rendas de bilro, artesanato característico da cidade. Panos, caminhos de mesa, golas, rendas de metro em bico e entremeios são produzidos por encomenda. Os trabalhos estão expostos na Casa das Rendeiras, na orla marítima de Meaípe. Hoje, o número de rendeiras caiu muito. Subvalorizado, o trabalho artesanal e cuidadoso das rendeiras cedeu lugar para outras atividades mais rentáveis ligadas ao turismo embora não tão interessantes culturalmente).

PRAIA DE MEAIPE

Localizada na vila de Meaípe, a 9km ao sul do centro de Guarapari, com acesso pela Rodovia do Sol.
De areias grossas e sombreada por castanheiras, a orla dispõe de barraquinhas, bares e restaurantes que servem, entre outros pratos, a tradicional moqueca capixaba e o famoso bolinho de aipim de Meaípe. Antiga vila de pescadores, preserva a arte da tradicional renda de bilro, entre outros produtos artesanais. Vida noturna movimentada na alta temporadaa.

BACUTIA

Compõe a Enseada Azul juntamente com as praias de Guaibura, Peracanga e Mucunã. Mar de águas calmas em que se formam piscinas naturais na maré baixa. Possui um restaurante que serve bebidas e petiscos na praia, além da tradicional moqueca capixaba.

PERACANGA

Ideal para crianças, tem mar de águas calmas, quase sem ondas e com pedras que aparecem na maré baixa, e barraquinhas que servem petiscos e bebidas.

GUAIBURA

Praia de águas calmas e cristalinas, dispõe de restaurantes e de barraquinhas que servem petiscos e bebidas. A apenas 300m da areia encontra-se o Naufrágio Faria Lemos, um dos mais famosos pontos de mergulho do país

ENSEADA AZUL

Formada pelas praias de Guaibura, Peracanga, Bacutia e Mucumã, interligadas por areias brancas e finas. A área próxima à praia foi loteada e ganhou um bairro com casas de veraneio, Nova Guarapari. O costão rochoso do lado direito foi ocupado irregularmente, mas ainda é possível fazer passeios na área. Deste lado da praia, o mar é calmo e as águas formam um espelho esverdeado. No lado oposto existe um mirante, no alto de um morro. A água é tão cristalina que é possível mergulhar a 8m de profundidade e encontrar o cargueiro alemão que naufragou em 1942, a 300m da areia.

PRAIA DOS PADRES

Faz parte do complexo da Enseada Azul, mas fica escondida atrás de um morro coberto por uma mata. O acesso é feito por uma trilha, a partir da praia da Bacutia. Com apenas 50 m de extensão, tem águas verdes e ondas fracas. O dono do terreno em frente à praia cobra pelo estacionamento.

CACHOEIRA DA CABEÇA QUEBRADA

Sem dúvida alguma um capricho da natureza, uma queda d'água com mais de vinte metros de altura é o atrativo principal do local que ainda dispõe de barzinho, área para camping etc. No caminho para a cachoeira tem-se contato direto com a natureza. Vale a pena conferir. Acesso pela rodovia que leva para o RJ, entrada pelo Bairro Jaqueira a 19 km da BR.

MERGULHO

A menos de uma hora de navegação do centro de Guarapari existe uma região de ilhas e recifes submersos com a “maior biodiversidade de peixes recifais do Brasil” .
Visitar um de nossos naufrágios históricos também é uma aventura inesquecível: o cargueiro Inglês Bellucia, por exemplo, foi considerado o “Melhor Naufrágio do Brasil” .
Outra atração especial é o “Projeto Victory 8B”, o navio afundado em forma controlada no ano 2003 é o maior Recife Artificial Marinho da América Latina e um dos mais importantes pontos turísticos do Estado.